Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



we AIN'T GIVING UP on love!

by perplex3r, em 12.04.17

source: Digital Spy UK

Português / Portuguese
Nas relações descartáveis que temos, ou pelo menos, que dizem que temos, entramos a 100% ou então devagar, não vá essa paixão nos espetar na primeira parede que nos aparece à frente. Seja de uma maneira, ou de outra, muitas vezes afirmamos que os defeitos de quem está ao nosso lado, não só nos repela, como também nos faz querer afastar e, muitas vezes, crer que não estamos destinados um ao outro. Não será o contrário? Não serão esses supostos "defeitos" pelos quais nos devemos apaixonar, já que a simpatia, a corpo e o sentido de humor derretem o coração de qualquer um?
Dúvidas, personalidade e relações à parte, Ain't Giving Up traz-nos certezas ao nos dizer que mesmo que esse percurso a dois seja difícil ou, à partida, não esteja a correr da melhor maneira, não devemos desistir se esse amor realmente existe. Se não quisermos ser tão minuciosos na leitura deste single,afirmamos que Craig David com Following My Intuition, dezasseis anos depois de Born To Do It e da mistura de UK Garage e R'N'B despretensioso, está de volta e cheio de força (não tivesse o seu álbum atingido o nº 1 da UK Album Chart). Ain't Giving Up com Sigala traz-nos uns agradáveis vocais com umas batidas bem fescas para os dias quentes. Para além disso, o Remix EP só nos faz querer ouvir ainda mais, uma vez que Wide Awake nos prepara uma festa EDM, White N3rd nos faz recuar no tempo e sentir que ouvimos Artful Dodger em 2017, Tone reconstrói e oferece um r'n'b próximo do single Rendez-Vous e Freejack quase que faz um mashup desta faixa com Show Me Love de Robin S, Laidback Luke e Steve Angello.
Assim, tal como esta edição,sê criativo, mistura e remistura, não cries expectativas, partilha, aprende, muda e não desistas. Afinal, a (tua) vida, as paixões e os amores são sempre uma aprendizagem porque nunca, e por mais que aches o contrário, vais crescer se desistires!

English / Inglês
In the disposable relationships that we have, or at least we are said to have, we enter them 100% or slowly, as we do not want that passion to drive us against a wall. Either one way or the other, we often affirm that the flaws of those around us not only repel us, but also make us want to turn away and often believe that we are not meant to be. Is it not the other way around? Aren’t these supposed "flaws" for which we should fall in love with, since affection, body and sense of humor melt anyone’s heart?
Doubts, personality and relationships aside, Ain’t Giving Up brings us certainty by telling us that even if this two-way journey is difficult or, for starters, is not going well, we should not give up if there is love. If we do not want to be so thorough in reading this single, we say that Craig David with Following My Intuition, sixteen years after Born To Do It and the mix of UK Garage and unpretentious R'N'B, is back and full of strength (as his album hit # 1 on the UK Album Chart). Ain’t Giving Up with Sigala brings us some nice vocals with some really good beats for hot days. In addition, the Remix EP just makes us want to hear even more, since Wide Awake prepares us for an EDM party, White N3rd takes us back in time and we feel we are listening to Artful Dodger in 2017, Tone rebuilds it and offers r'n'b similar to the single Rendez-Vous and Freejack almost makes a mashup of this track with Show Me Love by Robin S, Laidback Luke and Steve Angello.
So, like this edition, be creative, mix and remix, do not create expectations, share, learn, change and do not give up. After all, (your) life, passions and love are always a learning process as you will never grow up if you give up, even if you believe otherwise.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

#throwbackthursday au revoir, PARIS?

by perplex3r, em 06.04.17

Palais Garnier, Paris, http://backtobasic.blogs.sapo.pt

One day, we're gonna live in Paris (I promise)
And every night we'll watch the stars 
They'll be out for us

Português/Portuguese
Paris,single editado em 2008 e presente no álbum homónimo (nº21 UK Charts) dos britânicos Friendly Fires conta com os backing vocals das americanas Au Revoir Simone, mas que na remistura de Vito de Luca (Aeroplane) tomam o lugar do vocalista. Ao contrário da história do single com o mesmo nome editado pelos Chainsmokers em 2017, em que Paris é um sentimento pelo qual tivémos que fugir dos nossos pais para lhes mostrarmos aquilo que valemos, neste Paris remisturado por Aeroplane, temos uma viagem por uma cidade electrónica e iluminada numa mistura de disco e 80s synth-pop.
Paris, Londres, Porto ... indiferente ao sítio onde estejamos,procuramos aquele espaço para uma vida a dois. Durante o dia, ou durante a noite polvilhada de luzes que realçam o nosso sorriso, entrámos em edifícios altos, palacetes e palácios que nos mostra a imobiliária que diz ser capaz de transformar a nossa ideia num sonho. Entramos num deles e todo aquele espaço vazio nos envolve, mas sentimos que o nosso mundo não cabe debaixo de um tecto ornamentado.
Então, decidimos  esperar um pouco mais ("hold on a little more") porque sentimos que queremos as estrelas como o limite do nosso mundo, em que tu vens, numa noite quente de primavera, quase sem roupa, para a pequena varanda onde espero por ti com um Casal Garcia bem gelado . É a esta cidade de Paris que esta remistura nos transporta e será esta melodia que nos acompanhará nesse momento.


English / Inglês
Paris, a single released in 2008 and featured in the self-titled album Friendly Fires (No.21 UK Charts), features background vocals from the American band Au Revoir Simone, but on the remix by Vito de Luca (Aeroplane) they take the singer's place. Unlike the story of the single with the same name released by the Chainsmokers in 2017, in which Paris is a feeling for which we run away from our parents to prove our own value, in this Paris remixed by Aeroplane, we have a trip through an electronic and illuminated city in mixture of disco and 80s synth-pop.
Paris, London, Porto ... regardless of where we are, we look for that place for a life of two. During the day, or during a night sprinkled with lights that highlight our smile, we enter tall buildings, small palaces and bigger palaces that the real estate, which says that is capable of transforming our idea into a dream, shows us. We enter one of them and all the empty space surrounds us, but we feel that our world does not fit under a decorated ceiling.
So we decide to "hold on a little more" because we feel that that we want the starts as the edge of our world, where you come to me, on a hot spring night, almost with no clothes, to the small balcony where I am waiting for you with a chilled bottle of Casal Garcia (wine). It is to this city of Paris that this music transports us and it is this melody that will make us company in this moment.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Roisin Murphy...there's life after Moloko!

by perplex3r, em 06.02.08

 Roisin Murphy - You Know Me Better

(Português/Portuguese )

O grupo de dança eclética chamado Moloko foi, sem qualquer dúvida, uma das melhores exportações das terras verdes Irlandesas e das terras de Sua Majestade, com uma mão cheia de hits, como Sing It Back , The Time Is Now e claro, o clássico Forever More.
Porém "all good things come to an end ” como a menina Furtado afirma, e com toda a razão. Devido à separação do casal, os Moloko terminaram o seu trabalho como um grupo em 2003, depois do álbum Statues, sendo editado o Best Of já em 2006. Contudo, Roisin Murphy não se deixou ficar por aí e seguiu com uma carreira a solo (e por isso levantamos as mãos para o céu!), tendo já editado dois álbuns: Ruby Blue (2005) e o fantástico Overpowered (2007). Apesar do seu primeiro trabalho ter recebido críticas positivas, este não entrou no Top do Reino Unido, tendo apenas sido extraído os singles If We’re In Love e Sow Into You , e alguns temas para a banda sonora da série Anatomia de Grey .
Contudo, o vento da fortuna parece ter mudado, uma vez que com Overpowered (aliás o título diz tudo!), Rosin Murphy mostra a sua versatilidade e criatividade ao mais alto nível, e com a ajuda de grandes nomes como Andy Cato, uma das mentes brilhantes dos Groove Armada, ela acabou por entrar no UK Álbum Chart no nº20 , e no UK Singles Charts no nº28 com o single Let Me Know , acompanhado por um vídeo que faz lembrar as suas danças sensuais e únicas em Forever More.
Pelo facto de o álbum de Roisin Murphy ser um álbum coeso, cheio de pequenas surpresas ao longo dos 13 temas que possui (este 13 é de sorte!), e claro, com um toque dançável, bem misturado e com letras escritas ao pormenor, foi nomeado para o Music Choice Award na Irlanda. Para além disso, o blog Back To Basic atribui-lhe 4 sapinhos alegres, já a pensar no terceiro single que irá ser editado a 31 de Março de 2008, fica aqui já em primeira mão o que se vai ouvir (e espero que a atenção sobre este single seja redobrada !) de You Know Me Better , single que irá incluir o Andy Cato Alternative Mix, remisturado por, claro está, Andy Cato(O vídeo apresentado não é o original uma vez que este ainda não se encontra disponível).
  
(English /Inglês)
The eclectic electronic group Moloko are, without any doubt, one of the best exports from the green Irish lands and from Her Majesty’s Land, with handful of hits like Sing It Back, The Time Is Now and, of course, the all time favourite Forever More.
However, “all good things come to an end” as Nelly Furtado says, and it is true. Due to the couple’s separation, Moloko ended their work as a group in 2003, after the promotion of the album Statues, being the Best Of released only in 2006. Nevertheless, Roisin Murphy decided to move on (and we lift our hands to God for that!) and released two albums: Ruby Blue (2005) and Overpowered (2007). Although her first work did receive very good reviews, it didn’t make it into the UK Album Charts, being only two singles taken from the album: If We’re In Love and Sow Into You, and a few tracks on Grey’s Anatomy.
However, the winds of change came, as Overpowered shows Roisin’s versatility and creativity, and with help of some great names such as Andy Cato, one of the great minds behind Groove Armada, she entered the UK Album Charts at nº20 and the single Let Me Know got into number 28, accompanied by a great video that reminds her dance moves on Forever More.
For the fact that Overpowered is coherent, full of pretty good surprises throughout the 13 tracks (number 13 as a lucky number!), has a great dance feeling, is well mixed and possesses great lyrics it was nominated for the Irish Music Choice Awards. In addition, this blog gives it 4 happy frogs out of five thinking already on the 3rd single due to be released on March 31st. So, here you have what will we listen to (I hope it gets the attention it deserves), namely You Know Me Better, a single that will include the Andy Cato Alternative Mix, remixed by Andy Cato. (The video is not the original one, as it was not released yet)

 

Roisin Murphy - Let Me Know

Autoria e outros dados (tags, etc)

note

(Português)
Devido à nova imagem do blog, todos os posts anteriores a 2017 podem surgir com formatação diferente. Um novo ano, uma nova vida, nova música, nova imagem!

(English)
Due to the new image, all posts prior to 2017 may come up with a different format. A new year, a new life, new music and new image!



@bout me

foto do autor


back to music & Spotify

Subscreve/Subscribe Playlist

Back to Music,Love & Lifestyle on Spotify!


Thank You's

 

Sapo Destaques - 27.04.17

Sapo Destaques - 16.04.17