Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Robin S wants Luv 4 Luv in 2009

by perplex3r, em 16.08.09

 

English

   
Português

Show Me Love introduced Robin S to the world and the love anthem was followed by the release of Luv 4 Luv in 1993, also included on the album Show Me Love and remixed by Stonebridge.
After being revisited in 2002 by dj Tonka, Champion Records released new mixes for 2009 with versions more trance alike by Pagano, with classic house characteristics with breaks and pianos in the remix by Soulshaker, who has already released Shame Shame Shame with Cece Peniston and also the version by GRN, with strong and dark beats. What’s missing on this release? Stonebridge, as his version is still fresh and sassy and is able to offer great moments on the dancefloor.
After Show Me Love with Steve Angello and Laidback Luke and the collaboration with Alfred Azzetto on Near The Ocean (No Turning Back), Robin S is back to the best clubs, as her voice, her passion for music and her ability to offer memorable live performances are more than reasons to label her as a House Diva, like Lolleatta Holloway, Adeva and Jocelyn Brown.

 

 

 

 

Show Me Love introduziu ao mundo a voz da americana Robin S e após o hino de amor seguiu-se em 1993 a edição do single Luv 4 Luv também incluído no álbum Show Me Love e remisturado por Stonebridge.
Após ser revisitado em 2002 por dj Tonka, a Champion Records edita novas remisturas para 2009 com versões mais trance como a de Pagano, com características de classic house em que não faltam breaks e pianos na remistura de Soulshaker, que já editou Shame Shame Shame com Cece Peniston e ainda o remix de GRN, com batidas mais fortes e dark. O que falta nesta edição? Stonebridge, uma vez que a sua versão ainda continua fresca, actual e é capaz de oferecer grandes momentos nas pistas de dança.
Após Show Me Love com Steve Angello e Laidback Luke e a colaboração com Alfred Azzetto com Near The Ocean (No Turning Back), Robin S volta às melhores discotecas, pois a voz, a paixão pela música e a sua capacidade de proporcionar actuações ao vivo memoráveis, são mais do que razões para entender o facto de ser apelidada de House Diva e se juntar, assim, a Lolleatta Holloway, Adeva e Jocelyn Brown.

Tracklist:
1.
Luv 4 Luv Pagano Vocal Remix (7:20) Ouvir/Listen

2. Luv 4 Luv Pagano In London Dub (8:11)

3. Luv 4 Luv Soulshaker Remix (7:26) Ouvir/Listen

4. Luv 4 Luv GRN Club Mix (7:03) Ouvir/Listen

* Download @ Champion Records
Links refer to Champion Music Shop

Autoria e outros dados (tags, etc)

published at 15:24



(Português/Portuguese)

Se o ano de 94 foi considerado por muitos o ano pródigo nas edições de compilações/álbuns de música de dança (e nem sequer comentamos a sua qualidade), o último tem sido fantástico na repescagem de grandes hits dos anos 90 apresentados, agora, com uma nova sonoridade.
Depois de Guru Josh Project, remisturado por Klaas, Show Me Love, por Steve Angello e Laidback Luke,  Everybody Be Somebody por Thomas Gold, Oh La La La por D.O.N.S. ,  temos agora uns dos maiores hits de 96 com uma nova roupagem. Ultra Flava, um dos meus favoritos, produzido pela dupla Terry Farley e Pete Heller (autor de Big Love) foi revisitado por Jerry Ropero e Michael Simon, Martijn Ten Velden, Pierre J e Mark Trophy. Contudo, ao contrário do que aconteceu com outras versões de 2009, esta fica aquém do original que, até há bem pouco tempo, ainda fazia mexer as perninhas numa discoteca. Salienta-se apenas a remistura de Martijn Ten Velden, com uma vertente mais house/electro, assim como o remix de Pierre J, que ainda contêm a essência do original.
Em suma, e porque já devemos estar por aí a ouvir as novas remisturas, fica aqui o vídeo original de um dos melhores temas house de sempre que, de uma maneira ou de outra, ainda pode perdurar neste Verão em alguma Beach Party!

(English/Inglês)
If the year of 94 was considered by many a fantastic year for dance compilations / albums (and we don't even comment on their quality), last year has been fantastic as it recaps the major hits of the 90, now presented with a new sound.
After Guru Josh Project, remixed by Klaas, Show Me Love, by Steve Angello and Laidback Luke, Everybody Be Somebody by Thomas Gold, Oh La La La by D.O.N.S. , we now have some of the biggest hits of 96 with a new-style. Ultra Flava, one of my favorites, produced by the team comprised by Terry Farley and Pete Heller (author of Big Love) has been revisited by Jerry Ropero and Michael Simon, Martijn Ten Velden, Pierre J and Mark Trophy. However, unlike what happened with other versions of 2009, these are very far from the quality of the original that until very recently was still making us shake our legs in a nightclub. One should only point out the Martijn Ten Velden remix, with a more house / electro feeling, and the remix of Pierre J, which still contains the essence of the original song.
In short, because we probably are all listening to the new mixes, here is the original video of one of the best house anthemes of all time that, in one way or another, may be played this summer in a Beach Party!

Autoria e outros dados (tags, etc)

published at 19:51

The Biggest Bootleg Ever...Shows Us Love!

by perplex3r, em 11.03.09

 

(Português/Portuguese)

Steve Angello e Laidback Luke dispensam qualquer apresentação, assim como a voz que os acompanham nesta que será, até ao momento, a demonstração de amor mais electrónica e dançável para qualquer saída nocturna.
Contudo, alguns questionam o que de novo tem esta remistura. A resposta está em diferentes aspectos. Inicialmente um bootleg produzido por Hardwell, esta mistura de Be com Show Me Love expandiu-se pela Internet, o que inviabilizou a sua edição. Desta forma, muitas imitações com vozes patéticas foram editadas oficialmente, tal como a versão de Michael Mind com a vozinha medíocre de alguma menina. Agora, com a sua edição oficial, Angello e Luke uniram-se a Robin S, aquela dá a sua voz com todo o seu esplendor no tema que é seu desde 1991. É por isso que esta edição,sem as vozes das meninas de estúdio, chegou a nº25 em França e nº1 nos Club Charts no Reino Unido.
Em suma, a novidade está em que, finalmente, acabaram as imitações e chega, embora para muitos seja já repetitivo, o hino de amor que irá perdurar por muitos e muitos anos…por isso, let’s show some love, all over again!

(English/Inglês)
Steve Angello and Laidback Luke need no introduction, as well as the voice that sings with them in this moment that is the biggest electronic and danceable love manifestation for every night out.
However, some might question what’s new in this release. The answer lies in different aspects. Initially a bootleg produced by Hardwell, the mix of Be and Show Me Love leaked on the internet and delayed its release. Therefore, other imitations were officially released with pathetic voices, like the version of Michael Mind with a mediocre girl singing. Now, on its official edition, Angello and Luke joined forces with Robin S, the one that gives her voice with all of its splendour in her love theme since 1991. That’s the reason why this edition, without studio girls singing, reached nº25 in France and nº1 in the UK Club Charts.
To sum up, the new thing here is that we don’t need other imitations as official release of this love theme that will pass through time came out….therefore, let’s show some love, all over again!
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

published at 20:25

note

(Português)
Devido à nova imagem do blog, todos os posts anteriores a 2017 podem surgir com formatação diferente. Um novo ano, uma nova vida, nova música, nova imagem!

(English)
Due to the new image, all posts prior to 2017 may come up with a different format. A new year, a new life, new music and new image!



@bout me

foto do autor


text me

back to music & Spotify

Subscreve/Subscribe Playlist

Back to Music,Love & Lifestyle on Spotify!




Blogs Portugal

Thank You's

 

Sapo Destaques - 27.04.17

Sapo Destaques - 16.04.17

 

 




Tradutor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.