Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



The Cardigans - Long Gone Before Daylight (Original Pictures)

Português/Portuguese

Pelas ruas meia desertas,com algum frio à mistura e uma boa dose de optimismo, caminhamos para casa com The CardigansLong Gone Before Daylight reeditado num saco bem protegido (uma daquelas compras impulsivas que fazem todo o sentido). Não queremos que um dos melhores álbuns de sempre não conheça a alegria de ser tocado pela agulha do gira-discos.

Long Gone Before Daylight (o platinado nº1 na Suécia) chegou aqui a casa cheio de  memórias de histórias terminadas, inacabadas e outras que não passaram apenas de imaginação. Ao olharmos directamente para a capa, sentimos que estamos rodeados de amigos no aconchego de uma noite de conversas filosóficas e de opiniões bem vincadas, no Museu d'Avó, por entre a penumbra das velas, das tapas e copos de vinho tinto que não param de chegar à mesa debaixo de um candelabro.

Communication abre a discussão, logo após o líquido ter deslizado para dentro de um copo, e, em 2021 tal como em 2003, continua a fornecer inúmeras questões sobre o que significa estar em comunicação com outro. Por entre ligações reais e virtuais, em que estamos com a função ocupado ou ausente, ligamos e desligamos as nossas ligações e queremos ter a certeza que não perdemos tempo em época de ligações rápidas. Mas, se pensarmos bem, podemos não ter aprendido a esperar, tal como quando ligávamos o nosso modem de 56Kb, perdíamos a ligação e tentávamos, incessantemente, voltar a comunicar.

O segundo copo de vinho, vem trazer as metáforas bélicas que o Amor é perito em usar. Em You're The Storm somos um país que busca ser conquistado, que procura ser feliz mas cuja a sua história é feita de longas e tortuosas guerras. Apesar disso, acreditamos que é essa história que leva à conquista de fronteiras que se esbatem quando nos apaixonamos, formando um único, não perfeito, mas feliz, território.

Com uma edição dupla em vinil de 180 gramas, abrimos a segunda garrafa para colocarmos o segundo disco após termos observado as fotos do quinteto em grande formato. A seguir a um breve silêncio, For What It's Worth irresistivelmente remete-nos para uma manhã primaveril, sentimos uma esperança sem fundamento, mas que nos faz sorrir.  Terminamos com 03:45 No sleep e na terceira garrafa, sem que a conversa a dois tenha perdido sentido. Parece que, apesar de todas estas distrações, conseguimos comunicar melhor que nunca.

Long Gone Before Daylight vai perdurar, pela noite dentro ... com a mensagem do 4º álbum destes suecos simpáticos, que nos trouxeram, ao longo de vários anos, hits pop em filmes dramáticos, como Lovefool, conduções loucas em My Favourite Game e colaborações únicas como Burning Down the House com Tom Jones, e que já falámos num tempo em que este blog era ainda uma criança (lembras-te?).

Inglês / English

Through the half-deserted streets, with some cold mixed with a good dose of optimism, we walk home with The Cardigans and Long Gone Before Daylight reissued in a well-protected bag (one of those impulsive purchases that make perfect sense). We don't want one of the best albums ever to experience the joy of being touched by the turntable's needle.

Long Gone Before Daylight (the platinum No. 1 in Sweden) arrived here full of memories of finished, unfinished stories and others that were  just imagination. As we look directly at the cover, we feel that we are surrounded by friends in the warmth of a night of philosophical conversations and well-defined opinions, at Museu d'Avó, amidst the dim light of candles, tapas and glasses of red wine that never stop coming to the table under a chandelier.

Communication opens the discussion, right after the liquid has slipped into a glass, and in 2021 as in 2003, it continues to provide numerous questions about what it means to be in communication with another person. Between real and virtual calls, in which we are busy or absent, we connect and disconnect our calls and we want to make sure that we don't waste time in times of fast connections. But, if we think about it, we may not have learned how to wait, such as when we used to connected our 56Kb modem, we lost the connection and tried, incessantly, to communicate again.

The second glass of wine brings the warlike metaphors that Love is used to. In You're The Storm we are a country that seeks to be conquered, that seeks to be happy but whose history is made up of long and tortuous wars. Despite this, we believe that it is this story that leads to the conquest of borders that become blurred when we fall in love, forming a unique, not perfect, but happy, territory.

With a double edition on 180 gram vinyl, we open the second bottle to place the second disc after having seen the pictures of the quintet in large format. Following a brief silence, For What It's Worth irresistibly reminds us of a spring morning, we feel a hopeless hope, but one that makes us smile. We ended with 3:45 am No sleep and the third bottle, without the conversation between the two having lost any meaning. It seems that, despite all these distractions, we can communicate better than ever.

Long Gone Before Daylight will continue, into the night ... with the message of the 4th album of these nice Swedes, who brought us, over several years, pop hits in dramatic films such as Lovefool, crazy driving in My Favorite Game and collaborations as Burning Down the House with Tom Jones, and we talked about in a time when this blog was still a child (remember?).

Dedicado a / Dedicated to: Diana, my friend and reader, ich wünsche dir das Beste!

Autoria e outros dados (tags, etc)

published at 18:46

Back to Love...today!

by perplex3r, em 18.08.08

(Português/Portuguese)

Depois daquele momento à filme romântico, com chuva e sol num final de tarde perfeito para os lábios se tocarem, podemos dizer que estamos agora numa nova fase, estamos de novo Back To Love.
Hed Kandi, uma das melhores editoras de música electrónica, oferece um triplo cd cheio de temas que são consideradas clássicos nas pistas de dança e, por isso mesmo, merecem uma atenção especial neste momento, uma vez que vamos voltar aos momentos anteriores à festa de Beach House….estamos de mãos dadas com o nosso summer love. Assim, temos canções como Show Me Love, de Robin S, Space Cowboy, de Jamiroquai, Hideaway de De’Lacy, Make The World Go Round de Sandy B, entre outros, que irão rechear este reencontro.
Em suma, preparem-se para bons momentos que, quando chegarmos ao Inverno, nos iremos lembrar como um dos nossos melhores serões juntinhos à beira mar.
 
(English/Inglês)
After the romantic setting, with all that rain and sunshine in the perfect afternoon for lips to come together, we can say that we are in a new phase; we are now Back To Love again.
Hed Kandi, one of the best music labels, offers us a triple cd with classic house anthems and, for that, they deserve our special attention during this period, as we are going back to those moments before the Beach House party…we are walking hand in hand with our summer love. Therefore, we have songs that will fill these moments of love like Show Me Love, by Robin S, Space Cowboy, by Jamiroquai, Hideaway by De’Lacy, Make The World Go Round by Sandy B, among others.
To sum up, prepare yourself for very good moments and, when we get to winter, we all remember them as one of the best moments next to our love down the beach.

 

</script>

Autoria e outros dados (tags, etc)

published at 14:41

(Português/Portuguese)

É verdade, há tantos sentimentos bonitos, alegres e tristes que sentimos ao longo deste verão, ao ladinho do nosso summer love…mas não pode ele crescer? Não pode ele chegar ao calor da lareira deste Inverno? Pode.
Because It’s Not Love (But It’s Still a Feeling) não significa que ele não possa crescer, não quer dizer que aquela paixão não se transforme em amor. É isso mesmo que as britânicas The Pipettes nos apresentam neste fabuloso vídeo, um tanto ao quanto jeito de anos 60,como Sonny J e Frankie Vallie, com cores garridas, danças iguais às dos nossos pais acompanhadas por uma melodia bem alegre, que é capaz de nos deixar ir, sem qualquer problema, ao encontro daquilo que sentimos. Com um álbum We Are The Pipettes e com dois Ep’s, incluindo o fabuloso EP Your Kisses Are Wasted On Me a banda tem provado que, ao longo do tempo, ir buscar inspiração àquilo que estava a ganhar mofo no nosso sótão pode ser muito produtivo.
Assim, vale bem a pena pensar que se Your Kisses Are Wasted On Me pode ser que este Feeling, mais tarde, venha a ser o nosso summer love que perdurará pelo Inverno.
 

(English/Inglês)

It is true that there are a lot of beautiful, happy and sad feelings that we all feel during this summer, next to our summer love…but can’t he grow? Can’t he go through the cold nights next to the fireplace? Yes, it can.
Because It’s Not Love (But It’s Still A Feeling) does not mean that it can’t grow and not turn this passion into love. That’s exactly what the British band The Pipettes presents us in this fabulous video, a little bit with 60’s style,like Sonny J and Frankie Valli, gaudy colours, and moves like our parents did years ago, together with a happy melody that can frees us to find what we feel. With the album We Are The Pipettes and two EP’s, including the great EP Your Kisses Are Wasted One Me, the band proves that sweeping through the old stuff in our attic can become fruitful.
Therefore, one should think that if Your Kisses Are Wasted On Me this Feeling can, later one, be our summer love that last until Winter.
 
</script>

Autoria e outros dados (tags, etc)

published at 17:42

teach your Boyfriend the Alphabeat!

by perplex3r, em 04.08.08

(Português/Portuguese)

Inicialmente parece que vamos ouvir Never Gonna Give You Up de Rick Ashley, mas enganem-se, estamos em 2008 e Pete Hammond voltou atrás no tempo ao remisturar Boyfriend dos Alphabeat de uma forma que nada fica a dever a todas as canções que ainda temos em cassetes.
Boyfriend é retirado do álbum homónimo e segue a linha divertida do single Fascination, com letra catchy, fresca, leve e, claro está, perfeita para as festas de verão lá de casa. Boyfriend exprime tudo aquilo que cada rapaz gosta de ouvir, a sua namorada a dizer em alto e bom som “Don’t You Touch My Boyfriend/He’s Not Your Boyfriend/He’s Mine”, porque uma pouco de possessividade nunca fez mal a ninguém,não é verdade?
Será que este summer romance atingiu um novo patamar? A ver vamos, até lá, tirem as calças de ganga justas, as meninas coloquem aquelas fitas no cabelos e os brincos…the 80’s are back again!

(English/Inglês)

In the beginning one thinks that Never Gonna Give You Up by Rick Ashley is about to start, but you are wrong, we are in 2008 and Pete Hammond went back in time remixing Boyfriend from Alphabeat in a way that as good as all the songs from our cassettes.
Boyfriend is taken from the self titled album and follows Fascination with catchy lyrics, fresh, not so heavy so it’s perfect for the summer parties at home.
Boyfriend expresses also what we all boys like to hear from our girlfriends, i.e. "Don’t You Touch My Boyfriend/He’s Not Your Boyfriend/He’s Mine”, because a possessive feelings doesn’t harm anyone, does it?
Will this summer romance get into another level? We’ll see and, until then, grab your tight jeans, girls put hairpins and some earrings…the 80’s are back again!

 

Boyfriend (Pete Hammond Remix)

 

</script>

Autoria e outros dados (tags, etc)

published at 15:09

Who's That Girl Robyn?

by perplex3r, em 14.04.08

 

(Português/Portuguese)

Annie Lennox e Madonna já colocaram nos anos 80 a questão e, ao que parece, no novo século ainda não tem resposta. Robyn, a ex princesa da pop sueca agora uma lady na electrónica, continua com a questão Who’s That Girl (?) e, no fabuloso e sensual vídeo, fornece uma diversidade de possibilidades, desde a madame na cozinha à actriz de cinema, com imagens que diferem do seu estilo pessoal. Numa canção muito inspirada em melodias retro, que fazem lembrar um pouco os Human League, estamos perante uma letra irreverente (Let’s Play a Game that You Never Tried/You be the Girl and I’ll be the Guy) que fica rapidamente no ouvido e de uma sonoridade certamente original para o ano de 2008.
Desta forma, sem qualquer dúvida, será outro single que atingirá o topo das tabelas de vendas uma vez que mantêm uma sonoridade perfeita para ouvir no leitor de mp3 ou nas rádios e, com remisturas de Drop The Lime, Seamus Haji e Rex The Dog, irá levar o incrédulo e o apaixonado pela electrónica a dançar.
Contudo, e se calhar o mais importante, independentemente de onde irão ouvir Who’s That Girl, Robyn demonstra, mais uma vez, o que um artista consegue fazer quando toma rumo na sua própria carreira e não tem, de forma alguma, a pressão da indústria discográfica a limitar e a indicar (forçosamente) o percurso musical que deve seguir.
Assim, a resposta à pergunta Who’s That (sexy & amazing) Girl (?) podemos mesmo dizer que é Robyn, a femme fatale loira da Escandinávia.

 

 

(English/Inglês)

Annie Lennox and Madonna have already asked in 80’s the question but it appears that in the new century it has no answer.  Robyn, the ex Swedish pop princess and now a lady in the electronica, continues with the question Who’s That Girl (?) and, in the fabulous and sensual video, she presents a diversity of possibilities, from the madam in the kitchen to the actress, with images that are far away from her personal style. In a song inspired by the retro melodies, showing some similarities with Human League, we are in front of catchy and irreverent lyrics (Let’s Play a Game that You Never Tried/You be the Girl and I’ll be the Guy) and in front of an original sound for 2008.
In that way, without any doubt, this single will reach the top of the charts as it has the perfect melody for our mp3 players and for the airplay and, with remixes from Drop The Lime, Seamus Haji and  Rex The Dog, the incredulous and the electronica lovers will be forced to dance to it.
However, and perhaps the most important thing it is not where you are going to listen to Who’s That Girl but the fact that, once again, Robyn shows what a musician is able to do when takes the course of his career in his own hands and does not have the pressure of the music industry (forcing) to choose a musical path.
Therefore, to the question Who’s That (sexy & amazing)Girl (?) one can answer Robyn, the blond femme fatale from Scandinavia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

published at 11:43

note

(Português)
Devido à nova imagem do blog, todos os posts anteriores a 2017 podem surgir com formatação diferente. Um novo ano, uma nova vida, nova música, nova imagem!

(English)
Due to the new image, all posts prior to 2017 may come up with a different format. A new year, a new life, new music and new image!



@bout me

foto do autor


text me

back to music & Spotify

Subscreve/Subscribe Playlist

Back to Music,Love & Lifestyle on Spotify!




Blogs Portugal

Thank You's

 

Sapo Destaques - 27.04.17

Sapo Destaques - 16.04.17

 

 




Tradutor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds