Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



we AIN'T GIVING UP on love!

by perplex3r, em 12.04.17

source: Digital Spy UK

Português / Portuguese
Nas relações descartáveis que temos, ou pelo menos, que dizem que temos, entramos a 100% ou então devagar, não vá essa paixão nos espetar na primeira parede que nos aparece à frente. Seja de uma maneira, ou de outra, muitas vezes afirmamos que os defeitos de quem está ao nosso lado, não só nos repela, como também nos faz querer afastar e, muitas vezes, crer que não estamos destinados um ao outro. Não será o contrário? Não serão esses supostos "defeitos" pelos quais nos devemos apaixonar, já que a simpatia, a corpo e o sentido de humor derretem o coração de qualquer um?
Dúvidas, personalidade e relações à parte, Ain't Giving Up traz-nos certezas ao nos dizer que mesmo que esse percurso a dois seja difícil ou, à partida, não esteja a correr da melhor maneira, não devemos desistir se esse amor realmente existe. Se não quisermos ser tão minuciosos na leitura deste single,afirmamos que Craig David com Following My Intuition, dezasseis anos depois de Born To Do It e da mistura de UK Garage e R'N'B despretensioso, está de volta e cheio de força (não tivesse o seu álbum atingido o nº 1 da UK Album Chart). Ain't Giving Up com Sigala traz-nos uns agradáveis vocais com umas batidas bem fescas para os dias quentes. Para além disso, o Remix EP só nos faz querer ouvir ainda mais, uma vez que Wide Awake nos prepara uma festa EDM, White N3rd nos faz recuar no tempo e sentir que ouvimos Artful Dodger em 2017, Tone reconstrói e oferece um r'n'b próximo do single Rendez-Vous e Freejack quase que faz um mashup desta faixa com Show Me Love de Robin S, Laidback Luke e Steve Angello.
Assim, tal como esta edição,sê criativo, mistura e remistura, não cries expectativas, partilha, aprende, muda e não desistas. Afinal, a (tua) vida, as paixões e os amores são sempre uma aprendizagem porque nunca, e por mais que aches o contrário, vais crescer se desistires!

English / Inglês
In the disposable relationships that we have, or at least we are said to have, we enter them 100% or slowly, as we do not want that passion to drive us against a wall. Either one way or the other, we often affirm that the flaws of those around us not only repel us, but also make us want to turn away and often believe that we are not meant to be. Is it not the other way around? Aren’t these supposed "flaws" for which we should fall in love with, since affection, body and sense of humor melt anyone’s heart?
Doubts, personality and relationships aside, Ain’t Giving Up brings us certainty by telling us that even if this two-way journey is difficult or, for starters, is not going well, we should not give up if there is love. If we do not want to be so thorough in reading this single, we say that Craig David with Following My Intuition, sixteen years after Born To Do It and the mix of UK Garage and unpretentious R'N'B, is back and full of strength (as his album hit # 1 on the UK Album Chart). Ain’t Giving Up with Sigala brings us some nice vocals with some really good beats for hot days. In addition, the Remix EP just makes us want to hear even more, since Wide Awake prepares us for an EDM party, White N3rd takes us back in time and we feel we are listening to Artful Dodger in 2017, Tone rebuilds it and offers r'n'b similar to the single Rendez-Vous and Freejack almost makes a mashup of this track with Show Me Love by Robin S, Laidback Luke and Steve Angello.
So, like this edition, be creative, mix and remix, do not create expectations, share, learn, change and do not give up. After all, (your) life, passions and love are always a learning process as you will never grow up if you give up, even if you believe otherwise.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

have fun with the Ironik Tiny Dancer!

by perplex3r, em 19.05.09


(Português/Portuguese)

A vida, por vezes, convém que não seja perfeita ou, até mesmo, cheia de estilo. Assim, podemos sempre ouvir, dizer e vestir o que nos apetecer naqueles dias em colocamos sem segundo plano tudo e todos.
No que se refere à música, o mesmo se aplica! Elton John, o senhor da música pop das últimas décadas, permitiu que Tiny Dancer (single de 1972 ) fosse apresentado às novas gerações por Ironik e Chipmunk. Ora, a versão original de 2009 é um tanto ao quanto capaz de encher uma festa colorida de liceu, enquanto a remistura de D’Cruz e Paul Emanuel (que já remisturou Late Night Alumni), pelo menos, tem a decência de alegrar quem anda deprimido.
Por isso, e só por isso mesmo, o novo pequeno bailarino (Tiny Dancer) é apresentado aqui…ou não estivéssemos todos já a contar os dias para o fim-de-semana e a precisar de um sing-a-long divertido e (um pouco) libidinoso! Libidinoso?
A explicação está no vídeo!

(English/Inglês)
Sometimes, life shouldn’t be perfect or stylish. Thus, we can always listen, say and wear what we want and put everything and everyone in second place. As far music is concerned, the same thing is applied! Elton John, the pop Sir of the last decades, allowed Tiny Dancer to be introduced to new generations by Ironik and Chipmunk. However, the original 2009 version is capable of filling a colorful high school party, while the remix by D’Cruz and Paul Emanuel (who already remixed Late Night Alumni ) have the decency of cheering up those who feel depressed.
For that reason, and only because of that, the new Tiny Dancer is featured here…as we are all counting down the days for the weekend we all need a funny and (a little bit) libidinous sing-a-long! Libidinous? The explanation is in the video!

Autoria e outros dados (tags, etc)

4 Minutes Video With Madonna!

by perplex3r, em 09.04.08

 

 

(Português/Portuguese)
Decorria o ano de 1998 quando todos sentimos um fantástico arrepio de originalidade e beleza electrónica com Frozen, o single retirado do aclamado álbum Ray Of Light. Dez anos depois é nesse estado gelidamente sólido que se fica ao ouvir Madonna com Justin Timberlake e Timbaland no mais esperado single de 2008, uma vez que quem esperava algo electronicamente mais dançável ou uma incursão pelo pop fica desapontado, pois Timbaland meteu a sua mãozinha na produção. O resultado desta colaboração conduziu 4 Minutes ao Top 5 do Reino Unido e está a entrar nas tabelas de vendas nesse Mundo fora, mas não promete bater os recordes de Hung Up ou Sorry e causar aquele burburinho nas tabelas de vendas e todo aquele aparato fantástico e cheio de cor que Confessions On A Dancefloor nos ofereceu.
Contudo, desengane-se quem espera um déjà-vú, pois este dueto é bastante superior ao Me Against the Music com Miss Britney Spears, quer ao nível de letra e de musicalidade, mas como o anterior irá ser esquecido facilmente. Por conseguinte, em resposta ao If You Want It, Come and Get It será Eu não vou porque não quero, pois se esperava algo de novo, bastante inovador e avassalador da Rainha da Pop, não uma incursão muito ao estilo de Nelly Furtado. Assim, aguarda-se ansiosamente pelo segundo single (cruzamos todos os dedos!) para termos mais uma boa canção na nossa banda sonora deste Verão 2008.

 

(English/Inglês)

In the year of 1998 we all shivered fantastically with the originality and beauty of Frozen, the single taken from the critically acclaimed album Ray Of Light. Ten years after, we all turn into this solid state after listening to Madonna with Justin Timberlake and Timbaland in the long awaited single of 2008, as for those who hoped for electronic dance beats or pop are disappointed, because Timbaland had his touch on the production. The result took 4 Minutes to Top 5 in the United Kingdom and is taking the single to the top of the charts worldwide, but it will not beat the results of Hung Up or Sorry and will not cause that entire buzz around the charts as does not offer all the colour and ostentation that Confessions On A Dancefloor did.
However, you won’t have a déjà-vú, as this duet is highly superior to Me Against The Music with Miss Britney Spears, as far as the lyrics and the music itself are concerned, but as this one will be forgotten. Therefore, the answer to If You Want It, Come and Get It will be I Don’t Go, ‘Cause I Don’t Want To, as it was hopped something new, more innovative and overwhelming from the Queen Of Pop not the style of Nelly Furtado. In that way, we wait for the second single (keep your fingers crossed) in order to have a great track for our 2008 Summer O.S.T.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

note

(Português)
Devido à nova imagem do blog, todos os posts anteriores a 2017 podem surgir com formatação diferente. Um novo ano, uma nova vida, nova música, nova imagem!

(English)
Due to the new image, all posts prior to 2017 may come up with a different format. A new year, a new life, new music and new image!



@bout me

foto do autor


back to music & Spotify

Subscreve/Subscribe Playlist

Back to Music,Love & Lifestyle on Spotify!


Thank You's

 

Sapo Destaques - 27.04.17

Sapo Destaques - 16.04.17

 

 





subscrever feeds