Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



go outside and BREATHE

by perplex3r, em 10.05.17

I brought you something close to me
Left for something you see though your head
You haunt my dreams / There's nothing to do but believe
Just Believe / Just Breathe

Português / Portuguese
Breathe dos franceses Télépopmusik é,provavelmente, a música chillout mais adequada a tardes na piscina, com muito sol e calor, bebidas misturadas e coloridas e uma sensação de férias eternas, aliás o vídeo por Jordan Scott (filha de Ridley Scott) fomenta essa ideia. Estávamos no ano de 2001 quando o álbum Genetic World foi editado e em 2002 quando a voz calma de Angela McCluskey rompeu as rádios com este single que, não será preciso explicar porquê, chegou à UK Singles Charts, à US Billboard Hot Dance Club Play Chart e foi nomeado para um Grammy.
Em 2017 surgem novas remisturas que vão desconstruir totalmente a versão original, oferecendo uma viagem que explora o experimental, o chillout e downtempo. O parisiense Kartell assina dois remixes, slow (video) e club remix, conseguindo manter a sensação relaxante original, com o primeiro mix, e transformando o tema num deep house anthem com o segundo. Em oposião temos as remisturas de Cézaire e Duñe e  Katuchat que são quase como um excesso de experimentalismo electrónico que envolve e que se adapta e adequa a espaços/clubs alternativos.
Assim, podemos respirar um pouco de vários mundo electrónicos através de um EP peculiar, ou a vida também não precisasse de ser remisturada de vez em quando, com sons desconexos, provenientes de experiências mais ou menos positivas e, acima de tudo, de vivências únicas. Em suma, é um pouco sobre isso que estas remisturas nos levam a pensar e,acima de tudo, sentir, pois se existem coisas boas algures no nosso passado, porque não dar-lhes um nova memória mantendo o sentimento original?

English/ Inglês
Breathe from the French band  Télépopmusik is probably the most suitable chillout song  for afternoons in the pool, with lots of sun and heat, with mixed and colourful drinks and a sense of eternal holidays, besides the video by Jordan Scott (daughter of Ridley Scott) fosters this idea . We were in the year 2001 when the album Genetic World was released and in 2002 when a calm voice of Angela McCluskey broke the radios with this single, no need to explain why it reached to the UK Singles Charts, the US Billboard Hot Dance Club Play Chart and was nominated for a Grammy.
In 2017 new remixes appear that will totally deconstruct the original version, offering a journey that explores the experimental, chillout and downtempo. Parisian Kartell signs two remixes, slow (video) and club remix, managing to maintain an original relaxing sensation with the first mix, and turning the track into a deep house anthem with the second one. Opposed to them we have remixes by Cézaire and Duñe and Katuchat that are almost like an excess of electronic experimentalism that surrounds us and are adapted to alternative places/clubs.
Thus, we can breathe a little of several  electronic worlds through a peculiar EP, as  life needs  to be remixed from time to time, with disconnected sounds, coming from more or less positive experiences, above all, from unique ones. In short, it is a bit this that these remixes lead us to think and, above all, feel, because if there are good things in our past, why not give them a new memory while maintaining the original feeling?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sade, dis-moi; Sade, donne-moi
Sade, tell me; Sade, give me


Português / Portuguese

Todos nós temos desejos, desejos de alcançar um novo posto de trabalho, de atingir um patamar de riqueza e, mais do que aqueles que nos são incutidos, existem sempre aqueles desejos que (para uma visão bem puritana) são demasiado pecaminosos para este mundo.
Sadeness (Part 1) de Enigma (5 milhões de singles vendidos) mistura o canto religioso, os vocais sensuais da cantora alemã Sandra, que teve Maria Magdalena nos tops na década de 80, com uma voz masculina que questiona os desejos do Marquês de Sade. São desejos mesclados numa canção que alcançou o número um durante 5 semana nas Eurochart e em mais de 24 países (Reino Unido e US, por exemplo) e que, em alguns, o título foi alterado para Sadness(Part 1), retirando, dessa forma, o pecado que este single poderia conter e atribuindo-lhe mais melancolia que respostas a desejos carnais.
Desta forma, tal como na música, podemos sempre questionar os nossos desejos mais íntimos, podemos até mesmo misturar o que de mais puro temos em nós sem nunca descurar o outro lado do espelho, aquele prazer que nos pode ser oferecido pelo outro, aquele mesmo em que dois corpos se juntam e partilham o que têm de mais íntimo. Aqui, o nome do Marquês substitui-se pelo teu, porque as questões que lhe são dirigidas podem muito bem ser respondidas por ti. Aliás, nesta mistura de sons de flauta e batidas podes, muito bem, reflectir até que ponto te encontras fechado a convenções e tradições obsoletas ou limitativas.
Em suma, não será apenas Sadeness que se encontra actual 27 anos depois, mas também o álbum MCMXC a.D que é mais do que uma busca  num mundo medieval, cheio de sons de floresta, de grilhões que prendem as mãos e a mente e de pessoas que pretendem encontrar respostas únicas e libertadoras às suas questões mais íntimas.Para começar a viagem, por este vídeo, ficamos com Principles of Lust (Os Princípios da Luxúria), a trilogia que Sadeness se insere, porque o pecado, esse, nunca fez mal a ninguém!

 

English/Inglês
We all have desires, desires to get a new job, to be wealthier, and more than the ones that are instigated, there are always those which (for a puritan vision)are too sinful for this world.
Sadness (Part 1) by Enigma (5 million singles sold) mixes religious chants, the sensual vocals by German singer Sandra, who had Maria Magdalena in the charts in the 80's with a male voice that questions the desires of Marquis de Sade. Those are desires mingled in a song that reached number one for 5 weeks on the Eurochart and in more than 24 countries (UK and USA, for example) and in some of them the title was changed to Sadness (Part 1), removing, in that way, the sin that this single could contain  giving to it more melancholy than responses to carnal desires.
In this way, as in the song, we can always question our most intimate desires, we can even mix the purest things we have in us without forgetting what’s on the other side of the mirror, that pleasure that can be given by the other, that one when two bodies come together and share the most intimate things they have. Here the name of the Marquis is replaced by yours, because the questions that are asked him can well be answered by you. In fact,  in this mixture of flute sounds and beats you may well meditate on to what extend you are closed by conventions and obsolete or limited traditions.
In short, it is not only Sadeness that is uptodate 27 years later, but also the album MCMXC which is more than a search through a medieval world, full of forest sounds, of fetters that hold the hands and the minds and of people who want to find unique and liberating answers to their most intimate questions. To start this journey, through the video, we have the Principles of Lust, the trilogy in which Sadeness is part of, because sinning never harmed anyone!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

note

(Português)
Devido à nova imagem do blog, todos os posts anteriores a 2017 podem surgir com formatação diferente. Um novo ano, uma nova vida, nova música, nova imagem!

(English)
Due to the new image, all posts prior to 2017 may come up with a different format. A new year, a new life, new music and new image!



@bout me

foto do autor


back to music & Spotify

Subscreve/Subscribe Playlist

Back to Music,Love & Lifestyle on Spotify!


Passatempo


back to music & the web


Thank You's

 

Sapo Destaques - 27.04.17

Sapo Destaques - 16.04.17

 

 





back to music & love

Follow