Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



All I wanna do is go to sleep
With my taped up heart and my open bottle
Me and my sheets

Português/Portuguese
A vida é apenas altos e baixos ... especialmente quando encontramos o amor nossas vidas, acreditar nesses sentimentos e fazer tudo o que precisamos para fazer esse conto de fadas durar uma vida. No entanto, ao longo dos anos podemos sentir tristeza, alegria, emoção, felicidade, dor ... tudo só porque começamos a AMAR.
Clara Mae, (ex Ace Of Base) cantora de 25 anos da Suécia , foi recrutada pela dupla norueguesa Kream e entregou este single influenciado por Lean On. Embora a música tenha sido influenciada durante os últimos anos pelo som de Major Lazer, este ainda mantém a sua produção original e acrescenta um sentimento de verão a uma história de amor muito triste. Existe ainda a versão acústica, bem mais melancólica, para além de remisturas em estilo trap de Disto, e viagens por praias e areias brancas por Lash e Joe Mason.
Tem em mente que nem todas as histórias terminam em lágrimas e, se entretanto, és apenas tu e teus lençóis esta sexta-feira com uma garrafa aberta, certifiqua-te de beber um bom vinho e ouvir boa música (esta é aquela música que embora exprima exatamente o teu estado de espírito, será um lembrete de que tu, somente TU, és o único que pode desvirar teu coração e aproveitar novamente vida!).
Bom fim de semana!


English/Inglês
Life is just ups and downs ... specially when we find the love our lives, believe in those feelings and do whatever we need to in order to make that fairytale last a lifetime. However, throughout the years we may experience saddeness, joy, excitement, happiness, pain .... all just because we started to LOVE.
Clara Mae, (ex Ace of Base) the 25-year-old singer from Sweden, was recruited by the norwegian duo Kream and delivered this Lean On influenced hit single. Although music has been influenced over the past years by Major Lazer sound, this one still keeps its original production and adds a summer feeling to a very sad love story. There is also the accoustic version, as well as remixes sounding like trap music by Disto, and trips through beaches and white sands by Lash and Joe Mason.
Keep in mind that not all stories end in tears and, if in the meantime, it is just you and your sheets this Friday with an open bottle, make sure you drink a nice one and listen to good music (this is that song that even thougite sands h expresses exactly your state of mind, will be a reminder that you, only YOU, are the one that can untape your heart and enjoy life back again!).
Have a nice weekend!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Source: pbs.twimg.com
Warning / Aviso: Eargasmic track! Naughty .... but nice!

Português / Portuguese
É sexta-feira e estamos quase todos a abandonar os nossos escritórios, escolas e tudo o que nos faz ansiar pelo fim de semana. Avizinha-se um final de tarde com uma mesa repleta de copos de cervejas do mundo, uns olhares marotos por trás dos óculos de sol, um flirt por entre a fila para o bar e imensos risos descontraídos. É aí que podemos retirar o I can teach you a thing or two e atribuir-lhe toda a conotação para quando estamos a chegar àquela hora em que sentimos calor .... e esse calor é tudo menos por causa do tempo!
Será por isso, Yeah Yeah 2017 (nº1 Billboard's Dance Club Songs) está aí para te acompanhar pela noite dentro .... e até mesmo até pela manhã, naquele after party que (de certeza?) poderás ir. Originalmente editado em 2007 (nº2 UK Charts) pelos Bodyrox, a versão de aniversário é produzida por Dave Audé, mas mantém a fabulosa, excêntrica e poderosa voz de Luciana (também ela já uma referência neste  e que colaborou com Martijn Ten Velden, Richard Vission e Mark Knight) e adiciona-lhe todas as batidas e loops próprias para qualquer festa deste ano. A versão do vídeo é bem mais agressiva ... não aconselhável a quem teme um dancefloor cheio de luzes, óculos-de-sol, e bebidas q.b., pois pode provocar um eargasm ali mesmo. Esta versão foi remisturada por Tom Staar e é extremamente aditiva e, para muitos, representa o som necessário para as 7 da manhã.
Será na pista ou até mesmo por volta do meio dia, depois de irmos a rastejar pelas ruas para chegar a casa, a beber água e a sentir o sol e o mundo já acordado, que poderás ensinar alguma coisa ... ou mais que uma! Todos sabemos que há coisas que não é necessário ser professor ....
Bom fim de semana!

 

English/ Inglês
It's Friday and we are almost all leaving our offices, schools and everything that makes us yearn for the weekend. We can forsee a late afternoon with a table full of beers from all over the world, a hazy look behind the sunglasses, a flirt while queueing for the bar and lots of laid back laughter. That's when we can take the sentence I can teach you a thing or two and give it all the correct connotation when the time we feel hotter arrives .... and this heat is caused by  anything but the weather!
That's why, Yeah Yeah 2017 (nº1 Billboard's Dance Club Songs)  is there to accompany you through the night ... and even into the morning, in that after party that (for sure?) you can go. Originally released in 2007 (nº2 UK Charts) by Bodyrox, the anniversary version is produced by Dave Audé, but retains the fabulous, eccentric and powerful voice of Luciana (she's already a reference in this blog and has collaborated with Martijn Ten Velden, Richard Vission and Mark Knight) and adds all the beats and loops for any party this year. The version of the video is much more aggressive ... not advisable to those who fear a dancefloor full of lights, sunglasses, and and loads of drinks, as it can cause an eargasm right there. The version was remixed by Tom Staar and is extremely addictive and for many it may represent the sound needed for 7 a.m..
It will be on the dancefloor or even around noon, after we crawl through the streets to get home, drinking water and feeling the sun and the world is already awaken, that you can teach something ... or more than one ! We all know there are things that it is not necessary to be a teacher to teach ....
Have a nice weekend!

Autoria e outros dados (tags, etc)

#throwbackthursday at TOM'S DINER

by perplex3r, em 20.04.17

Source - media.npr.org

Português / Portuguese
Tardes que são passadas nos cafés a estudar, a ver o tempo passar, a ler ou a ouvir música. Naqueles momentos solitários, observamos as mesas à nossa volta, enquanto acendemos um cigarro e sentimos o primeiro travo do café. Temos a nossa mesa com os nossos telemóveis, um livro e os headphones que vamos usar daqui a nada ... entretanto, entram alguns casais, uns felizes, outros abandonados à sua resiliação de namoro prolongado. O senhor mais idoso escreve no seu tablet alguns emails de trabalho, dois senhores de fato preto discutem as notícias, enquanto que a rapariga de cerca de 20 anos fala bem alto ao telemóvel... temos, assim, num só espaço de convívio, um mundo de experiências, corações, amores e vidas.
É nessa mescla de vidas entrelaçadas num café que reside a beleza da simplicidade na letra de Tom's Diner, que podemos muito bem substituir Tom por qualquer espaço que vamos, todos os dias, tomar o nosso pequeno almoço. Originalmente editado por Suzanne Vega em 1982 é o tema de abertura do álbum Solitude Standing (1987), que incluí o aclamado single, embora com uma história bem triste, Luka. Curiosidade de Tom's Diner é que foi remisturado em estilo próprio pelos britânicos D.N.A que editaram o single sem autorização de Vega, tal como acontecia nos finais dos anos 80 em que o hábito de usar samples sem autorização era bastante comum, de forma a oferecer temas conhecidos, mas mais apropriados à club culture que se inciava, por exemplo Black Box com Ride on Time, que samplam Lolleatta Holloway. Após acordo,e com o próprio consentimento de Vega, o single chega ao número 2 da UK Singles Chart, tendo, já sido usado por Giorgio Moroder com Britney Spears, Timbaland e até mesmo a cantora r'n'b Aaliyah com Hot Like Fire e pelo português David Carreira e Bingo Players pela Spinnin' Records.
Em suma, podemos observar e aprender com os outros que estão á nossa volta no ______ (preencher com o teu lugar favorito. Talvez nos iremos inspirar pelas atitudes dos outros ou então continuar a acreditar que estamos no bom caminho.


English / Inglês
Afternoons spent at the cafés studying, watching the time go by, reading or listening to music. In those lonely moments, we saw the tables around us, lit a cigarette, and felt the first taste of coffee. We have our desk with our mobile phones, a book and the headphones that we are about to use ... however, some couples enter, some happy, others abandoned to their long-term relationship. The old man writes in his tablet some work e-mails, two guys wearing black suits discuss the news, while the 20-year-old girl speaks very loudly on the  phone ... therefore we have in a single place, a world of experiences, hearts, loves and lives.
It is in this blend of lives intertwined in a cafe that lies the beauty of simplicity in the lyrics of Tom's Diner that we can nicely replace Tom to whatever we go everyday to have our breakfast. Originally released by Suzanne Vega in 1982 it is the opening theme of the album Solitude Standing (1987), which included the acclaimed single, although with a very sad story, Luka. Curious fact about Tom's Diner is that it was remixed in its own style by the British duo DNA who released  the single without Vega's permission, as it was common in the late 1980s, as it was quite common to use samples without the authour's permission, in order to offer well-known songs , but more appropriate for the culture of the club that has started, for example Black Box with Ride on Time, who sampled Lolleatta's Holloway voice. After getting into an agreement, and with Vega's consent, the single arrives at number 2 of the UK Singles Chart, having already been used by Giorgio Moroder with Britney Spears, Timbaland and even the singer r'n'b Aaliyah with Hot Like Fire and by the Portuguese David Carreira and Bingo Players on  Spinnin 'Records.
To sum up, we can observe and learn from others around at ______ (fill in with your favorite place). Maybe we are about ot be inspired by the attitudes of others or continue to believe that we are on the right path.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

we AIN'T GIVING UP on love!

by perplex3r, em 12.04.17

source: Digital Spy UK

Português / Portuguese
Nas relações descartáveis que temos, ou pelo menos, que dizem que temos, entramos a 100% ou então devagar, não vá essa paixão nos espetar na primeira parede que nos aparece à frente. Seja de uma maneira, ou de outra, muitas vezes afirmamos que os defeitos de quem está ao nosso lado, não só nos repela, como também nos faz querer afastar e, muitas vezes, crer que não estamos destinados um ao outro. Não será o contrário? Não serão esses supostos "defeitos" pelos quais nos devemos apaixonar, já que a simpatia, a corpo e o sentido de humor derretem o coração de qualquer um?
Dúvidas, personalidade e relações à parte, Ain't Giving Up traz-nos certezas ao nos dizer que mesmo que esse percurso a dois seja difícil ou, à partida, não esteja a correr da melhor maneira, não devemos desistir se esse amor realmente existe. Se não quisermos ser tão minuciosos na leitura deste single,afirmamos que Craig David com Following My Intuition, dezasseis anos depois de Born To Do It e da mistura de UK Garage e R'N'B despretensioso, está de volta e cheio de força (não tivesse o seu álbum atingido o nº 1 da UK Album Chart). Ain't Giving Up com Sigala traz-nos uns agradáveis vocais com umas batidas bem fescas para os dias quentes. Para além disso, o Remix EP só nos faz querer ouvir ainda mais, uma vez que Wide Awake nos prepara uma festa EDM, White N3rd nos faz recuar no tempo e sentir que ouvimos Artful Dodger em 2017, Tone reconstrói e oferece um r'n'b próximo do single Rendez-Vous e Freejack quase que faz um mashup desta faixa com Show Me Love de Robin S, Laidback Luke e Steve Angello.
Assim, tal como esta edição,sê criativo, mistura e remistura, não cries expectativas, partilha, aprende, muda e não desistas. Afinal, a (tua) vida, as paixões e os amores são sempre uma aprendizagem porque nunca, e por mais que aches o contrário, vais crescer se desistires!

English / Inglês
In the disposable relationships that we have, or at least we are said to have, we enter them 100% or slowly, as we do not want that passion to drive us against a wall. Either one way or the other, we often affirm that the flaws of those around us not only repel us, but also make us want to turn away and often believe that we are not meant to be. Is it not the other way around? Aren’t these supposed "flaws" for which we should fall in love with, since affection, body and sense of humor melt anyone’s heart?
Doubts, personality and relationships aside, Ain’t Giving Up brings us certainty by telling us that even if this two-way journey is difficult or, for starters, is not going well, we should not give up if there is love. If we do not want to be so thorough in reading this single, we say that Craig David with Following My Intuition, sixteen years after Born To Do It and the mix of UK Garage and unpretentious R'N'B, is back and full of strength (as his album hit # 1 on the UK Album Chart). Ain’t Giving Up with Sigala brings us some nice vocals with some really good beats for hot days. In addition, the Remix EP just makes us want to hear even more, since Wide Awake prepares us for an EDM party, White N3rd takes us back in time and we feel we are listening to Artful Dodger in 2017, Tone rebuilds it and offers r'n'b similar to the single Rendez-Vous and Freejack almost makes a mashup of this track with Show Me Love by Robin S, Laidback Luke and Steve Angello.
So, like this edition, be creative, mix and remix, do not create expectations, share, learn, change and do not give up. After all, (your) life, passions and love are always a learning process as you will never grow up if you give up, even if you believe otherwise.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

WHAT IS LOVE ... the eternal question!

by perplex3r, em 05.04.17



Português / Portuguese 
What is Love é, provavelmente, a questão que percorre várias páginas dos nossos livros, às vezes em capítulos pequenos ou extensos, por vezes bem alegres ou tristes ... afinal, tantos anos depois, podemos ainda e sempre (?) questionar o que é o Amor, ou não? Desde os momentos em que nos apaixonámos e roubámos um beijo pela primeira vez no jardim de infância, sem saber muito bem o que eram aquelas borboletas na barriga à altura, bem mais tarde, em que as mesmas se juntam à admiração, ao desejo do corpo, à construção de uma relação (seja ela do tipo que for).
Em 1993, na versão eurodance de Haddaway tivémos a hipótese de perguntar com uma certa alegria mas agora Lost Frequencies revisita o tema de forma bem mais introspectiva, tornando o single do álbum Less is More ajustado para os fins de tarde um pouco mais quentes em que percorremos, sozinhos, os vários quilómetros dos passadiços das praias de Gaia e vamos, pontualmente, vendo caras alegres, cansadas e sorridentes. Existem ainda remisturas de Demitri Vegas e Like Mike, que são apenas próprias para festas EDM, de Rose (adicionada à playlist do Spotify) e Zonderling em que ambas adicionam um feeling bem mais próximo de classic house, fazendo com que estas questões filosóficas se tornem bem mais aprazivéis com um Martini Bianco bem gelado e amigos à nossa volta.
O vídeo, esse, mostra o amor que temos pelo desporto e por aqueles que estão ao nosso lado sempre que algo corre menos bem e que nos fazem, de uma certa forma, encontrar algumas respostas possíveis para esta pergunta. Por isso, 23 anos após a edição da primeira versão, mesmo com outra mistura electrónica e dançável, ainda estamos baralhados com todos os caminhos que esta pergunta nos leva ... Assim, só nos resta percorrer um por um com esta música, em busca de uma (qualquer) conclusão. Podes ouvir, já na playlist do blog!

English / Inglês
What is Love is probably the question that goes through several pages of our books, sometimes in short or long chapters, sometimes very happy or sad ... after all, so many years later, we can still and always (?) question what love is, can't we? From the moments when we fell in love and stole a kiss for the first time in the kindergarten, not knowing very well what those butterflies in the belly meant to the the time,years later, when they join the admiration, the desire of the body, the conception of a relationship (whatever it may be).
In 1993, in the eurodance version by Haddaway we had the chance to ask with some joy but now Lost Frequencies revisits the theme in a much more introspective way, making the single from the album Less is More tuned for little warmer afternoons when we travel, alone, through the several kilometers of the walkways on the beaches of Gaia and we, once in a while, see joyful, tired and smiling faces. There are also remixes of Demitri Vegas and Like Mike, which are just suitable for EDM parties, by Rose (added to the Spotify playlist) and Zonderling in which both add a feeling much closer to classic house, making these philosophical questions become much more enjoyable with a chilled Martini Bianco and friends around us.
The video shows the love we have for sports and those who are by our side whenever something goes wrong and that lead us, in a way, to find some possible answers to this question. So, 23 years after the release of the first version, even with another electronic and danceable mixture, we are still shuffled with all the paths that this question takes us ... So, we only have to go one by one with this song, in search of a(ny) conclusion!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

note

(Português)
Devido à nova imagem do blog, todos os posts anteriores a 2017 podem surgir com formatação diferente. Um novo ano, uma nova vida, nova música, nova imagem!

(English)
Due to the new image, all posts prior to 2017 may come up with a different format. A new year, a new life, new music and new image!



@bout me

foto do autor


back to music & Spotify

Subscreve/Subscribe Playlist

Back to Music,Love & Lifestyle on Spotify!


Passatempo


back to music & the web


Thank You's

 

Sapo Destaques - 27.04.17

Sapo Destaques - 16.04.17

 

 





back to music & love

Follow

subscrever feeds