Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Sade, dis-moi; Sade, donne-moi
Sade, tell me; Sade, give me


Português / Portuguese

Todos nós temos desejos, desejos de alcançar um novo posto de trabalho, de atingir um patamar de riqueza e, mais do que aqueles que nos são incutidos, existem sempre aqueles desejos que (para uma visão bem puritana) são demasiado pecaminosos para este mundo.
Sadeness (Part 1) de Enigma (5 milhões de singles vendidos) mistura o canto religioso, os vocais sensuais da cantora alemã Sandra, que teve Maria Magdalena nos tops na década de 80, com uma voz masculina que questiona os desejos do Marquês de Sade. São desejos mesclados numa canção que alcançou o número um durante 5 semana nas Eurochart e em mais de 24 países (Reino Unido e US, por exemplo) e que, em alguns, o título foi alterado para Sadness(Part 1), retirando, dessa forma, o pecado que este single poderia conter e atribuindo-lhe mais melancolia que respostas a desejos carnais.
Desta forma, tal como na música, podemos sempre questionar os nossos desejos mais íntimos, podemos até mesmo misturar o que de mais puro temos em nós sem nunca descurar o outro lado do espelho, aquele prazer que nos pode ser oferecido pelo outro, aquele mesmo em que dois corpos se juntam e partilham o que têm de mais íntimo. Aqui, o nome do Marquês substitui-se pelo teu, porque as questões que lhe são dirigidas podem muito bem ser respondidas por ti. Aliás, nesta mistura de sons de flauta e batidas podes, muito bem, reflectir até que ponto te encontras fechado a convenções e tradições obsoletas ou limitativas.
Em suma, não será apenas Sadeness que se encontra actual 27 anos depois, mas também o álbum MCMXC a.D que é mais do que uma busca  num mundo medieval, cheio de sons de floresta, de grilhões que prendem as mãos e a mente e de pessoas que pretendem encontrar respostas únicas e libertadoras às suas questões mais íntimas.Para começar a viagem, por este vídeo, ficamos com Principles of Lust (Os Princípios da Luxúria), a trilogia que Sadeness se insere, porque o pecado, esse, nunca fez mal a ninguém!

 

English/Inglês
We all have desires, desires to get a new job, to be wealthier, and more than the ones that are instigated, there are always those which (for a puritan vision)are too sinful for this world.
Sadness (Part 1) by Enigma (5 million singles sold) mixes religious chants, the sensual vocals by German singer Sandra, who had Maria Magdalena in the charts in the 80's with a male voice that questions the desires of Marquis de Sade. Those are desires mingled in a song that reached number one for 5 weeks on the Eurochart and in more than 24 countries (UK and USA, for example) and in some of them the title was changed to Sadness (Part 1), removing, in that way, the sin that this single could contain  giving to it more melancholy than responses to carnal desires.
In this way, as in the song, we can always question our most intimate desires, we can even mix the purest things we have in us without forgetting what’s on the other side of the mirror, that pleasure that can be given by the other, that one when two bodies come together and share the most intimate things they have. Here the name of the Marquis is replaced by yours, because the questions that are asked him can well be answered by you. In fact,  in this mixture of flute sounds and beats you may well meditate on to what extend you are closed by conventions and obsolete or limited traditions.
In short, it is not only Sadeness that is uptodate 27 years later, but also the album MCMXC which is more than a search through a medieval world, full of forest sounds, of fetters that hold the hands and the minds and of people who want to find unique and liberating answers to their most intimate questions. To start this journey, through the video, we have the Principles of Lust, the trilogy in which Sadeness is part of, because sinning never harmed anyone!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

IN THIS GAME of love!

by perplex3r, em 17.04.17

Source: nature-one.dePortuguês / Portuguese
Neste jogo que é a vida, seja ela sozinhos, com alguém que amamos, não apenas por paixão, mas também em relações de amizade, achamos que apostamos em pessoas, que apostamos o que podemos ser e, muitas vezes, tal como num jogo the slot machines, apostamos pouco com a esperança de sairmos a ganhar milhões. Afinal, há um certo nervosismo miudínho que nos faz acreditar nessa probabilidade.
Foi exatamente isto que aconteceu ao alemão Fritzt Kalkbrenner, conseguiu um feito único, juntamente com os seu irmão Paul Kalkbrener. Ambos tiveram o seu primeiro breakthrough com o tema incluído no filme Berlin Calling denominado Sky & Sand (incluída na Playlist do Blog) que esteve 129 semanas dentro da German singles charts.Tal como em todos os caminhos que temos que seguir no nosso dia a dia,  após esse sucesso, ambos seguiram direcções artísticas diferentes, embora ambos dentro do género electrónico.
Fritz, tem vindo a proporcionar umas tantas alegrias electrónicas desde o seu primeiro álbum Here Today Gone Tomorrow (2010), oferecendo melodias mais quentes, com alma e repletas de batidas electro q.b. Em 2016 editou Grand Départ e cujo single In This Game, nos faz questionar até que ponto somos capazes de mudar o que somos neste jogo que pode ser uma relação a dois. Por vezes, nos altos e baixos de relações saturadas a frase Desire to find a chance to change who we’ve become é mais que perfeita, mas apenas desejar não chega, e todos nós sabemos isso. É aqui que entra o refrão, que resume qualquer jogador, que ganha, perde, roda e sangra, que mais não é que dizer-nos que todo o sucesso só depende do que pretendes atingir ou, se não te queres magoar, não precisas de jogar (mas também não irás ganhar nada!).
Este é, então, o tema para a página de segunda-feira, oriundo das terras frias da Alemanha, mas que se vai enquadrar nos teus dias de sol, quentes e apaixonantes. 


English / Inglês
In this game that is life, with someone we love, not only for passion, but also in relationships of friendship, we think that we bet on people, that we bet what we are, often, like in a slot machines game, we bet little, hopping that we will make millions. After all, there is a certain nervousness that makes us believe in this probability.
That is exactly what happened to Fritzt Kalkbrenner, achieved a unique feat, along with his brother Paul Kalkbrener. Both had their first breakthrough with the song included in the Berlin Calling film called Sky & Sand (included in the Blog Playlist) which was 129 weeks within the Germany singles charts. As all the paths we have to follow daily, after this success, the two followed different artistic directions, both within the electronic genre.
Fritz has been offering some electronic joys since his first album Here Today Gone Tomorrow (2010), providing warmer, soulful melodies and full of electro beats, from which the single In this Game questions us on which extent are we ready to change who we are in this game that a relationship is. Sometimes in the ups and downs of saturated relationships the sentence Desire to find a chance to change who we’ve become is more than perfect, but wishing is not enough and we all know that. This is where the refrain comes in, which picks up any player who wins, loses, runs and bleeds, which is not more than telling us that success depends on what you want to achieve, you do not need to play (but you will not win either anything!).
This is then the theme for Monday's page, coming from the cold lands of Germany, but that is going to fit in your hot, sunny and captivating days.

Autoria e outros dados (tags, etc)

voltámos ao nosso 2raumwohnung!

by perplex3r, em 24.03.17

Português / Portuguese
Em 2017 voltamos ao nosso pequeno e aconchegante T2 perto do Tiergarten, em alemão 2Raumwohnung, para nos voltarmos a apaixonar. Esta banda alemã, uma presença habitual neste blog, composta por Inga Humpe e Tommi Eckart, volta este ano com o bilingue Somebody Lonely and Me e com um duplo álbum a ser editado em junho.
O primeiro single é uma ode à introspecção, às questões do coração, àqueles pequenos momentos de solidão em que o Amor ainda não surgiu ou que, mesmo que ele já esteja mesmo à nossa frente, não o vemos. Seja porque não temos os olhos bem abertos ou porque, simplesmente, ainda estamos demasiado fechados nesta imensa escuridão. Where is the face I want to see forever? questiona Inga, uma vez que neste mundo escuro a alegria de um encontro com o nosso amor pode parecer (im)possível.
Editado em duas versões Tag e Nacht (vídeo), dia e noite respectivamente, temos aqui dois momentos introspectivos que vão fazer o teu leitor estar em alta rotação. Se ambas as versões são demasiado melancólicas para ti, acabam de ser editadas 4 remisturas bem alternativas por Ricardo Villalobos, DJ Koze e Chi Thanh que (des)constroem a mensagem desta canção.
A música é universal, e embora muitos pensem que a língua alemã é fria, esqueçam isso, temos aqui uma voz demasiado doce para o tema que é a solidão.

English / Inglês
In 2017 we are back in our small and cozy two-bedroom flat near the Tiergarten, in German 2Raumwohnung, to fall in love again. This German band, an usual presence here in this blog, comprised by Inge Humpe and Tommi Eckart, is back this year with the bilingual Somebody Lonely and Me and with a double album to be released in July.
The first single is an ode to introspection, to the questions of the heart, to those short moments of loneliness in which Love hasn’t showed up yet or, even if it is right in front of us, we cannot see it. This is either because we do not have our eyes wide open or simply because we are so closed in this vast darkness. Where is the face I want to see forever? asks Inge, as in this dark world the joy of a date with our love may sound (im)possible.

Released in two versions Tag and Nacht (video), day and night respectively, we have here two introspective moments that will put your player on heavy rotation. If both versions are too much melancholic for you, 4 new and alternative remixes by Ricardo Villalobos, DJ Koze and Chi Thanh have just been released (de)constructing  the message of this song.
Music is universal and although many people think the German language as cold, forget that, what we have here is a voice that is too sweet for the theme that is loneliness.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Bei dir bin ich schön? Of course I am!

by perplex3r, em 10.03.14

 

English

   
Português

We all know Love turns us more beautiful, and without placing the other one in an unreachable pedestal we can say, without any fear our second ideas “ bei dir bin ich schön / das ist ein phänomen/ auf der Skala 1 -10 / bei dir bin ich zehn” ( Next to you I’m beautiful / that’s a phenomenon / in a scale of 1 to 10 / with you I’m 10). And isn’t this capacity of transforming us itself a phenomenon?

2Raumwohnung are Inga Humpe and Tommi Eckart, a German band with more than a handful of releases, show us this in a language that for some is considered to be cold. Bei dir bin ich schön was the single which preceded Achtung Fertig, an album with 13 electronic songs that are continuously on play on your iPod, in which they mention and question the Universe of passions (Was sagt das Universum), discover other synonyms for Love (Bye Bye Bye) and find new ways to hug the cold days with the one who makes us more beautiful, like in the song Ein neues Gefühl in which Inga exclaims:  : Ein neues Gefühl / du und ich und jetzt und hier (A new feeling / you and me and now and in here)

One could write a lot of words (Worte) that many say are but wind …. Or write poetry or prose, a note or an Odyssey about the most refreshing German album of the past few years …. But that wouldn’t make you press play, image and find out (again) how much Love can be plurilingual.

PS: by the way, if you happen to be in Germany, you can have the chance to fall in love with the band in one of their concerts. (Tour)

 

Todos sabemos que o Amor nos torna mais bonitos, e sem colocar o outro num pedestal inantigível podemos dizer, sem medos ou segundas intenções “ bei dir bin ich schön / das ist ein phänomen/ auf der Skala 1 -10 / bei dir bin ich zehn” (ao teu lado sou bonito / isso é um fenómeno / numa escala de 1 a dez / contigo sou 10). E não é um fenómeno esta capacidade de nos transformar?

2Raumwohnung, a dupla Inga Humpe e Tommi Eckart, banda alemã já com mais de uma mão cheia de álbums editados, mostram-nos isto na língua a que muitos apelidam de fria! Bei dir bin ich schön foi o single que antecedeu Achtung Fertig, um álbum de 13 temas electrónicos que perduram durante horas no iPod, onde mencionam e questionam o Universo das paixões (Was sagt das Universum), diversificam os sinónimos sobre o Amor (Bye Bye Bye) e buscam formas quentes de abraçar os dias frios junto de quem nos torna mais belos, como no tema Ein Neues Gefühl (Um novo Sentimento) em que Inge exclama : Ein neues Gefühl / du und ich und jetzt und hier (Um novo sentimento / tu e eu e agora e aqui).

Poderíamos escrever imensas palavras (Worte) que muitos dizem que o vento as leva … ou escrever poesia ou prosa, uma nota ou uma Odisseia sobre o album alemão mais refrescante dos últimos anos… mas isso não te faria carregar no play, imaginar e (re)descobrir o quanto o Amor pode ser plurilingue.

PS: já agora, se tiverem por terras germânicas podem ainda ter a oportunidade de se apaixonarem pela banda num dos seus concertos. (Tour)

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
  
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Schillout breaths electro with September!

by perplex3r, em 25.08.09

 

English

   
Português

Two countries breathe music! Germany and Sweden are together in one of the most stimulating melodies soon to be released. Schiller and Petra Marklund, known as September joined forces for Breathe, included in the 2008 platinum album Sensucht (released in English as Desire) in an ambient chillout version, and it also includes other collaborations with Colbie Caillet, Kim Sanders, Lang Lang, among others.
After one of the best performances in the Polish Sopot Festival, Dave Ramone remixed the track with strong and exciting electro house beats that heighten Petra’s fantastic voice and the lyrics of the track. Sometimes we cannot breathe and it isn’t for the fact we are in love, but for the fact that we don’t know what to do; therefore the chorus says “I can’t breathe my love/ I’m swimming in the dark beside you”.
In this way, if one day we aren’t able to breathe, may it be only for the fact that we are watching Schiller live in a concert, who has already got a Opus Award for Best Sound Design of a Live Show, and not for the fact that we are lost with impossible love. In other words, Breathe won’t have a Bitter End, but a sweet beginning!
 

 

 

 

Dois países respiram música! Alemanha e Suécia juntos numa das melodias mais estimulantes a serem editadas em breve. Schiller Petra Marklund, mais conhecida como September uniram-se para Breathe, incluído no álbum platinado de 2008 Sehnsucht (editado em inglês como Desire) em versão ambient chillout, que contém também colaborações com Colbie Caillet, Kim Sanders, Lang Lang, entre outros.
Após uma das melhores performances no festival polaco Sopot Festival, Dave Ramone remisturou a faixa com batidas electro house fortes e estimulantes, o que fazem ressaltar a fantástica voz de Petra e a letra da própria canção. Por vezes perdemos a respiração junto de quem gostamos, e não é pelo facto de estarmos apaixonados, mas sim por não sabermos o que fazer, daí que o refrão seja “I can’t breath my love/ I’m swimming in the dark beside you”.
Desta forma, se um dia estivermos sem conseguir respirar, que seja apenas pelo facto de estarmos a ver Schiller ao vivo num concerto, uma vez que já recebeu um Opus Award para Best Sound Design of a Live Show, e não porque estamos perdidos em amores impossíveis. Por outras palavras, Breathe não terá um fim amargo (Bitter End) mas um começo bem doce!

 

Tracklist:
1.
Breath Dave Ramone Radio Edit (3:28)
2. Breath Original Mix/Album Version (4:12)
 

 

 

*Nota: Estas são as duas versões disponíveis, as novas remisturas de David Ramone não têm ainda data de edição.
*Note: These are the two availbale versions; the new remixes by David Ramone don't have a date of release yet.

Autoria e outros dados (tags, etc)

note

(Português)
Devido à nova imagem do blog, todos os posts anteriores a 2017 podem surgir com formatação diferente. Um novo ano, uma nova vida, nova música, nova imagem!

(English)
Due to the new image, all posts prior to 2017 may come up with a different format. A new year, a new life, new music and new image!



@bout me

foto do autor


back to music & Spotify

Subscreve/Subscribe Playlist

Back to Music,Love & Lifestyle on Spotify!


Passatempo


back to music & the web


Thank You's

 

Sapo Destaques - 27.04.17

Sapo Destaques - 16.04.17

 

 





back to music & love

Follow